segunda-feira, 27 de junho de 2011

Enfim, Férias

Finalmente férias! Final de semestre, para muitos, época de desespero, que tudo está perdido. Este pensamento deve ser mudado rapidamente. Como já foi dito por muitos professores, o 9ºC cresceu bastante durante a 2ª etapa e deve crescer cada vez mais. Todos ainda tem chance, nada está perdido! Mas vamos esquecer o colégio por um tempo, e aproveitar bastante o período mais esperado pelos alunos de todo o mundo:
FÉRIAS !!!

            "A vida já é curta, mas nós tornamo-la ainda mais curta, desperdiçando tempo"
                                                            Victor Hugo

terça-feira, 21 de junho de 2011

Revisão de Inglês

I didn't like my old car. Now, I have a new car. (buy)
I have bought a new car.

The window was closed. Now it's open. (open)
Somebody .

Yesterday, Joanne's clothes were dirty. Now they're clean. (wash)
 her clothes.

This morning Jack had his wallet with him. Now, he can't find it. (lose)
 his .

Yesterday, Laura lost her keys. Now, she has her keys. (find)
 them.

Last month, my house was white. Now, it's yellow. (paint)
 my house.

They used to have a boat. Now, they don't have it anymore. (sell)
 it.

Jane was at the party ten minutes ago. Now she's not. (leave)
 the party.

The picture was on the wall this morning. Now, it's on the floor. (fall down)
It .
CORREÇÃO

I didn't like my old car. Now, I have a new car. (buy)
I have bought a new car.

The window was closed. Now it's open. (open)
Somebody has opened the window.

Yesterday, Joanne's clothes were dirty. Now they're clean. (wash)
joanne has washed her clothes.

This morning Jack had his wallet with him. Now, he can't find it. (lose)
jack has lost his wallet.

Yesterday, Laura lost her keys. Now, she has her keys. (find)
laura has found them.

Last month, my house was white. Now, it's yellow. (paint)
i have painted my house.

They used to have a boat. Now, they don't have it anymore. (sell)
they have sold it.

Jane was at the party ten minutes ago. Now she's not. (leave)
jane has left the party.

The picture was on the wall this morning. Now, it's on the floor. (fall down)
It has fallen down.

Revisão de Geometria

Áreas


Exercício 1: (PUC-RIO 2008)
A área da figura abaixo é:
 
 
 
 
 

Exercício 2: (PUC-RIO 2008)
Um festival foi realizado num campo de 240 m por 45 m. Sabendo que por cada 2 m² havia, em média, 7 pessoas, quantas pessoas havia no festival?
 
 
 
 
 

Exercício 3: (PUC-RIO 2007)
A hipotenusa de um triângulo retângulo mede 10 cm e o perímetro mede 22 cm. A área do triângulo (em cm²) é:
 
 
 
 
 

Exercício 4: (PUC-RIO 2007)
Num retângulo de perímetro 60, a base é duas vezes a altura. Então a área é:
 
 
 
 
 

Exercício 5: (UDESC 2010)
O projeto de uma casa é apresentado em forma retangular e dividido em quatro cômodos, também retangulares, conforme ilustra a figura.
Sabendo que a área do banheiro (wc) é igual a 3m² e que as áreas dos quartos 1 e 2 são, respectivamente, 9m² e 8m², então a área total do projeto desta casa, em metros quadrados, é igual a:
 
 
 
 
 

Trigonometria

1) Uma pessoa está distante 80m da base de um prédio e vê um ponto mais alto do prédio sob um ângulo de 16° em relação à horizontal. Qual é a altura do prédio? 

2) Um avião levanta vôo em B, e sobe fazendo um ângulo constante de 15° com a horizontal. A que altura estará e qual a distância percorrida quando passar pela vertical que passa por uma igreja situada a 2km do ponto de partida? 

3) Uma torre vertical de altura 12m é vista sob um ângulo de 30° por uma pessoa que se encontra a uma distância x da sua base e cujos olhos estão no mesmo plano horizontal dessa base. Determina a distância x. 

4) Dois observadores A e B vêem um balão, respectivamente, sob ângulos visuais de 20° e 40°. Sabendo que a distância entre A e B é de 200m, calcula a altura do balão. Obs.: os observadores encontram-se do mesmo lado em relação ao balão. 

5) Num exercício de tiro, o alvo se encontra numa parede cuja base está situada a 82m do atirador. Sabendo que o atirador vê o alvo sob um ângulo de 12° em relação à horizontal, calcula a que distância do chão está o alvo. 

6) A partir de um ponto, observa-se o topo de um prédio sob um ângulo de 30°. Caminhando 23m em direção ao prédio, atingimos outro ponto, onde se vê o topo do prédio segundo um ângulo de 60°. Desprezando a altura do observador, calcula, em metros, a altura do prédio. 

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Exercícios Resolvidos





Dúvidas

Quem tiver dúvidas em alguma questão é só fazer a pergunta nos comentários. A pergunta será o mais rápido possível respondida.

Exercício de Revisão de Álgebra

1) Qual é o número , cujo quadrado mais seu triplo é igual a 40? ( R: 5 , -8)

2) O quadrado de um número diminuido de 15 é igual ao seu dobro. Calcule esse número.
(R: 5 e -3)

3) Determine um número tal que seu quadrado diminuído do seu triplo é igual a 26. (R:7 e -4)

4) Se do quadrado de um número, negativo subtraimos 7, o resto será 42. Qual é esse número?
(R: -7)

5) A diferença entre o dobro do quadrado de um número positivo e o triplo desse número é 77. Calcule o número. (R: 7)

6) Determine dois números ímpares consecutivos cujo produto seja 143. (R: 11 e 13 ou -11, -13)

7) Um azulejista usou 2000 azulejos quadrados e iguais para revestir 45m² de parede. Qual é a medida do lado de cada azulejo? (R:15 cm)

sábado, 18 de junho de 2011

Revisão de Orações Reduzidas

Como identificar as orações reduzidas:
a) As orações reduzidas são caracterizadas por possuírem o verbo nas formas de gerúndio, particípio ou infinitivo, ou seja, nas suas formas nominais.
b) Ao contrário das demais orações subordinadas, as orações reduzidas não são ligadas através de conectivo.
c) Para cada oração reduzida, tem-se uma desenvolvida correspondente. Para melhor identificarmos que tipo de oração reduzida temos, podemos desenvolvê-la.
d) Possuem as mesmas características sintáticas das orações subordinadas desenvolvidas.
e) Há três tipos de orações reduzidas:

I. Reduzidas de Infinitivo
  • Substantivas
    Subjetivas
  • - É necessário gostar de frutas e verduras. (que se goste de frutas e verduras.)

    Objetivas Diretas
    - O técnico assegurou serem seguras as máquinas. (que eram seguras as máquinas)

    Objetivas Indiretas
    - Gosto de ficar sozinho. (que eu fique sozinho)

    Predicativas
    - O melhor seria fazerem a viagem. (que fizessem a viagem)

    Completivas Nominais
    - Eu estou disposto a arriscar tudo. (que eu arrisque tudo)

    Apositivas
    - Ele nos fez um convite: comparecermos ao seu casamento. (que comparecêssemos ao seu casamento)

Revisão - Orações Subordinas Substantivas e Adjetivas

Classificação das orações subordinadas substantivas

As orações subordinadas substantivas podem funcionar como:

- Subjetiva: funciona como sujeito do verbo da oração principal. O verbo da oração principal se apresenta sempre na terceira pessoa do singular e nessa não há sujeito, o sujeito é a oração subordinada.
Ex: É necessário que se estabeleça regras nesta empresa.

- Objetiva Direta: exerce a função de objeto direto do verbo da oração principal. Está sempre ligada a um verbo da oração principal, sem auxílio de preposição, indicando o alvo sobre o qual recai a ação desse verbo.
Ex: Quero saber como você chegou aqui. 


- Objetiva Indireta: funciona como objeto indireto do verbo da oração principal. Está sempre ligada a um verbo da oração principal, com auxílio de preposição, indicando o alvo do processo verbal.
Ex: Mariana lembrou-se de que Manoel chegaria mais tarde.

- Completiva Nominal: funciona como complemento nominal de um nome da oração principal. Está sempre ligada a um nome da oração principal através de preposição.
Ex: Tenho certeza de que não há esperanças. 


- Predicativa: funciona como predicado do sujeito da oração principal. Está sempre ligada ao sujeito da oração principal através de verbo de ligação.
Ex: Minha vontade é que encontres o teu caminho. 


- Apositiva: funciona como aposto de um nome da oração principal. Está sempre ligada a um nome da oração principal, sem o uso de preposição e sem mediação de verbo de ligação.
Ex: Faço apenas um pedido: que você nunca abandone os seus princípios.





Orações Subordinadas Adjetivas

Orações adjetivas são aquelas orações que exercem a função de um adjetivo dentro da estrutura da oração principal. Elas são sempre iniciadas por um pronome relativo e servem para caracterizar algum nome que aparece na estrutura da frase. Há dois tipos de orações adjetivas: as restritivas e as explicativas.
O. S. Adjetivas Restritivas: funcionam como adjuntos adnominais e servem para designar algum elemento da frase. Não pode ser isolada por vírgulas, e restringe, identifica o substantivo ou pronome ao qual se refere.
Exemplo:
- Você é um dos poucos alunos que eu conheço.
Suj. + VL + predicativo + O.S. Adjetiva Restritiva
- Eles são um dos casais que falaram conosco ontem.
Suj. + VL + predicativo + O.S. Adjetiva Restritiva
- Os idosos que gostam de dançar se divertiram muito.
Suj. + O.S. Adjetiva Restritiva + VI + adj. Adv.
O. S. Adjetivas Explicativas: ao contrário das restritivas, são quase sempre isoladas por vírgulas. Servem para adicionar características ao ser que designam. Sua função é explicar, e funciona estruturalmente como um aposto explicativo.
Exemplo:
- Meu tio, que era advogado, prestou serviços ao réu.
Sujeito + O.S. Adj. Explicat. + VTDI + OD + OI
- Eu, que não sou perfeito, já cometi alguns erros graves.
Suj. + O.S. Adj. Explicat. + VTD + OD
- Os idosos, que gostam de dançar, se divertiram muito.
Suj. + O.S. Adj. Explicat. + VI + Adj. Adv.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Agenda 17/06

- 1ª aula – Educação Física
Avaliação Individual

- 2ª aula – Geografia
Visto

- 3ª aula – Português
Visto

- 4ª aula – Química
Visto e tarefa no caderno

- 5ª aula – Espanhol
Visto e TD de revisão

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Agenda 16/06

- 1ª aula – Geometria
Visto e dúvidas

- 2ª aula – Álgebra
Vistos

- 3ª aula – Português
Vistos

- 4ª aula – Redação
AG

- 5ª aula – Geografia
Conclusão do conteúdo
TD de revisão
Texto: 3 países

Agenda 15/06

- 1ª aula – Biologia
Visto e entrega da pesquisa.

- 2ª aula – Álgebra
Correção do TD.

- 3ª aula – Biologia
Vistos.
Dúvidas.

- 4ª aula – Inglês
TD – Qualitativa.

- 5ª aula – Português
Personificação – Hipérbole – Eufemismo, pág. 36.
Ironia.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Agenda 14/06

- 1ª aula – Inglês
Auditório
Obs: Amanhã: visto

- 2ª aula – Geometria
Visto

- 3ª aula – História
Redação sobre a Segunda Guerra Mundial e
suas consequências

- 4ª aula – Álgebra
Correção do TD

- 5ª aula – História
Informática

- 6ª aula – Ensino Religioso
O óleo nas nossas vidas.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Agenda 13/06

- 1ª aula – Física
Págs. 93 a 95, 189 a 193

- 2ª aula – Redação
Visto

- 3ª aula – Física
Visto

- 4ª aula – Ensino Religioso
Uma história de amor – Parte I

- 5ª aula – Química
Apresentações dos trabalhos
Próxima Aula Visto nos Capítulos 3 e 4

domingo, 12 de junho de 2011

Agenda 10/06

- 1ª aula – Educação Física
Futsal

- 2ª aula – Geografia
Conclusão do conteúdo
TC: Escolha 3 países que integravam a
Federação Iugoslava e caracterize-os
Cap. 6 – 5 linhas cada

- 3ª aulas – Português
Correção dos exercícios

- 4ª aula – Química
Apresentação dos trabalhos

- 5ª aula – Espanhol
Visto – págs. 41, 42 e 123
Casa: 47, 49 e 50

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Filme Memórias Póstumas



Após sua morte em 1869, Brás Cubas (Reginaldo Faria / Petrônio Gontijo), disposto a se distrair um pouco na eternidade, decide narrar suas memórias e revisitar os fatos mais marcantes de sua vida. E adverte: "A franqueza é a primeira virtude de um defunto". É com desconcertante sinceridade que ele relembra sua infância, juventude, incidentes familiares e personagens marcantes, como o amigo Quincas Borba (Marcos Caruso), que passa de mendigo a milionário. Fala ainda sobre sua formação acadêmica em Portugal e o discutível privilégio de nunca ter precisado trabalhar. Com a mesma franqueza, Brás Cubas convida o espectador a testemunhar sua tumultuada vida amorosa. Lembra o primeiro amor, a cortesã espanhola Marcela (Sonia Braga) que amou-o por "15 meses e 11 contos de réis". O segundo, a jovem Eugênia (Milena Toscano), que “apesar de ser bonita, era "coxa"(mancava). E sua grande paixão, Virgília (Viétia Rocha), que acaba trocando-o pelo político Lobo Neves (Otávio Müller). Abordando o cotidiano ou acontecimentos nacionais, na vida ou na morte, Brás Cubas alterna ironia e amargura, melancolia e bom-humor sem perder a leveza. Em qualquer estado de espírito, ele nos surpreende pela irreverência e devastadora lucidez.

Próclise, Ênclise e Mesóclise


De acordo com as autoras Rose Jordão e Clenir Bellezi, a colocação pronominal é a posição que os pronomes pessoais oblíquos átonos ocupam na frase em relação ao verbo a que se referem.

São pronomes oblíquos átonos: me, te, se, o, os, a, as, lhe, lhes, nos e vos.

O pronome oblíquo átono pode assumir três posições na oração em relação ao verbo:
1. próclise: pronome antes do verbo
2. ênclise: pronome depois do verbo
3. mesóclise: pronome no meio do verbo

Próclise 

A próclise é aplicada antes do verbo quando temos:

• Palavras com sentido negativo:
Nada me faz querer sair dessa cama. 
Não se trata de nenhuma novidade.  

• Advérbios:
Nesta casa se fala alemão.
Naquele dia me  falaram que a professora não veio.


• Pronomes relativos:
aluna que me mostrou a tarefa não veio hoje.
Não vou deixar de estudar os conteúdos que me falaram.

• Pronomes indefinidos:
Quem me disse isso?
Todos se comoveram durante o discurso de despedida.

• Pronomes demonstrativos:
Isso me deixa muito feliz!
Aquilo me constrangeu a mudar de atitude!

• Preposição seguida de gerúndio:
Em se tratando de qualidade, o Brasil Escola é o site mais indicado à pesquisa escolar.

• Conjunção subordinativa:
Vamos estabelecer critérios, conforme lhe avisaram.

Ênclise

A ênclise é empregada depois do verbo. A norma culta não aceita orações iniciadas com pronomes oblíquos átonos. A ênclise vai acontecer quando:

• Verbo estiver no imperativo afirmativo:
Amem-se uns aos outros.
Sigam-me e não terão derrotas.

• O verbo iniciar a oração:
Diga-lhe que está tudo bem.
Chamaram-me para ser sócio.

• O verbo estiver no infinitivo impessoal regido da preposição "a":


Naquele instante os dois passaram a odiar-se.
Passaram a cumprimentar-se mutuamente.

• O verbo estiver no gerúndio:
Não quis saber o que aconteceu, fazendo-se de despreocupada.
Despediu-se, beijando-me a face.

• Houver vírgula ou pausa antes do verbo:
Se passar no vestibular em outra cidade, mudo-me no mesmo instante.
Se não tiver outro jeito, alisto-me nas forças armadas.

Mesóclise 

A mesóclise acontece quando o verbo está flexionado no futuro do presente ou no futuro do pretérito:

A prova realizar-se-á neste domingo pela manhã.
Far-lhe-ei uma proposta irrecusável.

Kádar e Nagy



         Janos Kadar

Chefe do Partido Comunista húngaro de 1956 a 1988 
26/05/1912, Rijeka
06/07/1989, Budapeste


Mecânico, entrou para o Partido Comunista húngaro (então ilegal) em 1931-1932. Em 1942, foi eleito para o comitê central e, em 1945, para o Politburo. Após a instauração do comunismo, Kadar, acusado de "titista" (partidário de Tito), foi demitido de seus cargos e preso em 1951, no expurgo stalinista realizado por Matyas Rakosi (chefe do partido entre 1945 e 1956). Em liberdade, aderiu à democratização de Imre Nagy no partido, participando do governo (1956). Kadar logo se afastou de Nagy e participou da repressão da revolta húngara contra a invasão soviética. Tornou-se, então, primeiro-secretário do partido e primeiro-ministro (1956-1958, 1961-1965). Ao mesmo tempo, defendeu os interesses hegemônicos da União Soviética no exterior e introduziu uma tímida liberalização política interna nos anos 70 (o comunismo "gulash"), buscando preparar a abertura ao Ocidente. Na transição democrática de 1989, perdeu, por fim, a liderança do partido.





Imre Nagy 
Primeiro-ministro húngaro de 1953 a 1955 e em 1956
19/06/1896, Kaspovar
e 

16/06/1958, Budapest

Nagy foi preso pelos russos durante a Primeira Guerra Mundial e abraçou a causa do comunismo. Descendente de camponeses, exerceu grande influência no movimento camponês húngaro. Depois do exílio em Moscou, foi dirigente do Partido Comunista húngaro. Introduziu no país as estruturas socialistas da democracia popular enquanto ministro da Agricultura (1944-1945) e do Interior (1946). Foi afastado do partido em 1949 por divergências com Matyas Rakosi, de tendência stalinista, mas com a morte de Stálin foi nomeado primeiro-ministro em 1953. Foi destituído em 1956 com a vitória da facção stalinista do PC e excluído do partido em outubro de 1956. Nesse ano, assumiu a liderança da revolta húngara e foi de novo primeiro-ministro. Sua declaração de neutralidade da Hungria em relação ao Pacto de Varsóvia provocou a intervenção russa, que esmagou a revolta antissoviética. Foi preso por acusação de perjúrio, deportado e condenado à morte num processo secreto e, finalmente, executado. János Kadar substituiu-o como primeiro-ministro.

Agenda 09/06

- 1ª aula – Geometria
Exercícios

- 2ª aula – Álgebra
Resolução do TD

- 3ª aulas – Português
Pág. 313 (q. 2, 3, 10 e 11 a 19)

- 4ª aula – Redação
Tira-dúvidas do livro Memórias Póstumas de Brás
Cubas

- 5ª aula – Geografia
Hungria
Vistos
Definição do conteúdo

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Agenda 08/06

1ª e 3ª aulas – Biologia
Multimídia.

2ª aula – Álgebra
Correção dos exercícios.

4ª aula – Inglês
Classe: págs. 53 (e. 5), 54, 55, 57, 58 e 62.

5ª aula – Português
Orações subordinadas adjetivas.
Matéria da prova:
pág. 313 (2, 3, 10, 11 a 19).

terça-feira, 7 de junho de 2011

Tabela dos Verbos Irregulares

VERBOS IRREGULARES
Infinitive
Past
Participle
Tradução
bewas, werebeenser, estar
beatbeatbeatenbater, derrotar, pulsar
becomebecamebecometornar-se
beginbeganbeguncomeçar
bitebitbittenmorder, picar
blowblewblownsoprar, tocar (instrumento de sopro)
breakbrokebrokenquebrar, interromper
bringbroughtbroughttrazer
buildbuiltbuiltconstruir
buyboughtboughtcomprar
catchcaughtcaughtagarrar, pegar (doença)
choosechosechosenescolher
comecamecomevir, chegar, aproximar-se, acontecer
costcostcostcustar
cutcutcutcortar
dealdealtdealtnegociar, distribuir
digdugdugcavar
dodiddonefazer, executar
drawdrewdrawndesenhar, puxar, arrastar
dreamdreamt/ dreameddreamt/ dreamedsonhar
drinkdrankdrunkbeber, embriagar-se
drivedrovedrivendirigir
eatateeatencomer
fallfellfallencair
feedfedfedalimentar (se), suprir
feelfeltfeltsentir
fightfoughtfoughtlutar
findfoundfoundencontrar
flyflewflownvoar
forgetforgotforgottenesquecer (se)
freezefrozefrozengelar, congelar
getgotgot/ gottenconseguir, ganhar
givegavegivendar, conceder
gowentgoneir
growgrewgrowncrescer, cultivar
hanghunghungpendurar
havehadhadter, possuir
hearheardheardouvir
hidehidhiddenesconder, ocultar (se)
hithithitbater
holdheldheldsegurar, manter, conter
hurthurthurtmachucar
keepkeptkeptguardar, manter, permanecer, ficar
knowknewknownsaber , conhecer
laylaidlaidpôr, colocar, botar (ovos)
learnlearntlearntaprender
leaveleftleftdeixar, partir
lendlentlentemprestar
letletletdeixar, alugar
lielaylainjazer, deitar ou
mentir, enganar
lightlit / lightedlit/ lightediluminar, acender
loselostlostperder
makemademadefazer, produzir, fabricar
meanmeantmeantsignificar, ter intenção
meetmetmetencontrar-se com
paypaidpaidpagar
putputputpôr
readreadreadler
ridridridcavalgar, livrar, desembaraçar
rideroderiddenviajar, cavalgar
ringrangrungsoa , tocar a campainha
riseroserisennascer, surgir, erguer-se
runranruncorrer, administrar
saysaidsaiddizer
seesawseenver
sellsoldsoldvender
sendsentsentenviar
setsetsetcolocar, fixar, arrumar
shakeshookshakensacudir
shineshoneshonebrilhar
shootshotshotatirar, disparar
showshowedshown/ showedmostrar
shutshutshutfechar
singsangsungcantar
sinksanksunkafundar, naufragar
sitsatsatsentar
sleepsleptsleptdormir
slideslidslidescorregar
slitslitslitfender, rachar
smellsmeltsmeltcheirar
speakspokespokenfalar
spendspentspentgastar
spreadspreadspreaddifundir, divulgar, espalhar
standstoodstoodficar de pé, aguentar
stealstolestolenroubar
strikestruckstruckfazer greve , bater
swearsworeswornjurar, blasfemar
sweepsweptsweptvarrer
swimswamswumnadar
swingswungswungbalançar
taketooktakentomar, pegar
teachtaughttaughtensinar
telltoldtoldcontar, dizer
thinkthoughtthoughtpensar, achar
throwthrewthrownarremessar
understandunderstoodunderstoodentender, compreender
wakewoke/ wakedwoke/wakedacordar
wearworewornvestir, usar
wedwedweddesposar
wetwetwetumedecer
winwonwonganhar, vencer
wringwrungwrungespremer
writewrotewrittenescrever